isso é uma garagem!

 

Mural especialmente desenvolvido pelos designers Craig & Karl para essa garagem residencial em Sydney, Australia.

via

para beber e pendurar

O cabideiro Bottleboy funciona com uma garrafa pet de 5oo ml (vazia, lógico) de maneira bem simples: basta parafusar uma base com rosca na parede e nela rosquear a garrafa até que se torça, para assim pendurar suas “tralhas”. O fabricante sugere que você mesmo pode personalizar seus cabideiros, colocando algo (?) dentro das garrafas ou transformando sua forma com um secador de cabelos (alô ???).

Os responsáveis pelo desenho são os designers do Walking-Chair Design Studio (site duca!) e acreditem, não são fabricados na China!

trancado a sete chaves

O Skeleton key flash drive parece uma chave antiga, mas pode guardar até 2GB.  Tá bom, eu sei, nem é muito, mas é bem legal, né?

miau

 

Essas luminárias da MiCha seriam um ótimo presente para o meu marido, que ama gatos, mas não pode nem chegar perto, tamanha alergia! 

Eu vi no Eu Queru

coll.part

As peças da Coll.part, desenvolvidas pelas designer Nina Raeber, são produzidas no Camboja por organizações que cumprem os critérios do comércio justo: realizar projetos sociais com alto padrão de qualidade.  Uma das oficinas emprega mulheres que se deparam com situações difíceis, proporcionando-lhes formação profissional e educação para seus filhos; outra trabalha com vítimas de minas terrestres e da poliomielite.

Eu vi no blog da Fábrica

 

mesa (ou prateleira?) mutante

Trick pode ser uma prateleira ou uma mesa com duas cadeiras (me lembrou muito este post) que oferece funcionalidade e praticidade para diferentes situações, justamente como pedem os pequenos apartamentos. O desenho é de Sakura Adachi para a Campeggi.

Vi no Design de Móveis

a leveza do ferro

A mesa Diamante tem como base um trapézio invertido em ferro ou aço inox. As cadeiras Poli são compostas por uma delicada estrutura que suporta e eleva sua fina concha formada através da união de polígonos em chapa de aço estofado. O desenho é bem elegante e sofisticado, conferindo leveza ao conjunto.

 

A estante Cipó é um sistema modular em ferro ou aço inox e chapa perfurada e seus planos assimétricos suspensos por linhas irregulares criam espaços abertos e volumes instigantes.

Peças desenvolvidas pelo Estúdio Tato.

 

 

de cabeça para baixo

Desafiando a gravidade, o sistema de plantio inovador desenvolvido pela Boskke garante ambientes bem verdinhos sem comprometer espaço no piso. Pode até parecer complexo, mas na verdade é bem simples: você transplanta a planta para o reservatório apropriado que por sua vez tem um reservatório interno de água que alimenta as raízes gradualmente, no topo do vaso tem um “disquinho” que é encaixado e travado para a planta não cair. Além disso, as plantinhas dentro de casa purificam o ar: há estudos dizendo que as plantas afetam as pessoas de forma positiva, tanto mental quanto fisicamente e, se estiverem dentro do ambiente de trabalho ajudam a produtividade e aliviam o estresse. Imagina fazer uma hortinha de cabeça pra baixo dentro da sua cozinha? Não seria o máximo?

reinvenção de um clássico

Nesse tempo que o blog ficou parado eu recebi alguns e-mails com dicas de produtos. Um deles foi da Júlia Ribeiro, designer da Athas (acessem o blog, é muito legal!), marca voltada ao público jovem cujo propósito é reinventar alguma ideia existente (que deu super certo) para transformá-la em jóia.

Inspiradas nas manjadas esferográficas BIC, as canetas Athas surpreendem pela similaridade do clássico. São feitas 100% em aço inox, ouro ou prata, o que lhes confere sofisticação e personalidade. Além desse luxo todo, são feitas artesanalmente, então são assinadas, numeradas e recebem um certificado de procedência e garantia.

(Tenho lembrança de uma designer de jóias (não sei ao certo se a Miriam Mamber ou a Beth Loeb) que há muitos anos vendia a tampa da BIC em prata na sua loja, infelizmente não consegui encontrar a referência na internet. De qualquer maneira, a Júlia foi além!)