amnésias topográficas

vazio3.jpg 

O projeto Amnésias Topograficas, do escritório de arquitetura mineiro Vazio S/A, busca mostrar os limites entre as intervenções convencionais e efêmeras. O pilotis, formado pelas estruturas dos edifícios implantados em terrenos de declive em Belo Horizonte, funcionam como área de lazer e/ou garagem e serviram como suporte para as intervenções dos arquitetos para o grupo de teatro Armatrux, em 2001 e 2004. A possibilidade de reverter os espaços negativos da cidade transformou-se em matéria espacial: passarelas de madeira, escadas, rampas e plataformas possibilitaram o uso extensivo das palafitas em diversos níveis para os espetaculos, criando assim uma realação nova entre os espectadores, o palco e a cidade. Genial! Se você se interessou, leia mais aqui.

vazio5.jpgvazio6.jpgvazio7.jpg

 

Anúncios

Um pensamento sobre “amnésias topográficas

  1. vanessa,

    adorei o post de hoje. Tenho o maior orgulho de ser amigo do Carlos Teixeira. A criatividade das suas investigacoes e a profundidade da sua critica, somadas a suas antenas ligadas no mundo, fazem de Carlos um dos mais brilhantes arquitetos no Brasil de hoje
    um abraco,
    fernando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s